Seguidores

Pesquisar neste blog

Meus blogs :

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Lenda Índigena -Parte I/A Lenda dos Diamantes



A Lenda dos Diamantes
Há muito tempo, vivia à beira de um rio uma tribo de índios. Dela fazia parte um casal muito feliz: Itagibá e Potira. Itagibá, que quer dizer braço forte, era um guerreiro robusto e destemido. Potira, cujo nome quer dizer flor era uma índia jovem e formosa.

Vivia o casal tranqüilo e venturoso, quando rebentou uma guerra contra uma tribo vizinha. Itagibá teve de partir para a luta. E foi com profundo pesar que se despediu da esposa querida e acompanhou os outros guerreiros. Potira não derramou uma só lágrima, mas seguiu com os olhos cheios de tristeza, a canoa que conduzia o esposo, até que a mesma desapareceu na curva do rio.

Passaram-se muitos dias sem que Itagibá voltasse à taba. Todas as tardes; a índia esperava, à n\margem do rio, o regresso do esposo amado. Seu coração sangrava de saudade, mas permanecia serena e confiante, na esperança de que Itagibá voltaria à taba.

Finalmente, Potira foi informada de que seu esposo jamais regressaria. Ele havia morrido como um herói, lutando contra o inimigo. Ao ter essa notícia, Potira perdeu a calma que mantivera até então e derramou lágrimas copiosas.

Vencida pelo sofrimento, Potira passou o resto de sua vida, a beira do rio, chorando sem cessar. Suas lágrimas puras e brilhantes misturaram-se com as areias brancas do rio.

A dor imensa da índia impressionou Tupã, o rei dos deuses. E este, para perpetuar a lembrança do grande amor de Potira, transformou suas lágrimas em diamantes.

Daí a razão pela qual os diamantes são encontrados entre os cascalhos dos rios e regatos. Seu brilho e pureza recordam as lágrimas de Potira.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Zambra Gitana :

Zambra Gitana :
Apperley, Pintor : George Owen Wynne (1884-1960) - Zambra gitana - A Zambra, ou Flamenco árabe é, portanto, a fusão de movimentos de danças de povos nômades ancestrais.

Dança Flamenca!

Dança Flamenca!
Apperley, Pintor : George Owen Wynne (1884-1960) - Danza Flamenca

Velas Ciganas Coloridas!

Velas Ciganas Coloridas!
A Cultura cigana e seu contraste de cores,de suprema riqueza!

Sereia da Praia;

Sereia da Praia;
Sereias o Povo Mítico dos Oceanos,damas dos Lagos,Senhoras do Mar

Mulher Índia - Quadro Pintado pelo Artista Italiano Milo Manara.

Mulher Índia - Quadro Pintado pelo Artista Italiano Milo Manara.
Índia Xamã - Feiticeira de sua Tribo - Sacerdotisa das forças da natureza - Luz em Meio a Floresta !

Iemanjá

Iemanjá

♥♥♥Indiana♥♥♥

♥♥♥Indiana♥♥♥
♥♥♥♥♥♥♥♥

Iansã - Divindade Africana

Iansã - Divindade Africana

Cigana Esmeralda ;

Cigana Esmeralda ;
Bailando com o Pandeiro;

Amor do Egito !

Amor do Egito !

Velas de Umbanda;

Velas de Umbanda;

Fênix

Fênix
Senhora das Profecias !

Velas Coloridas entre as Frutas;

Velas Coloridas entre as Frutas;
♥ ♠ ♣ ♦

Quiromancia !

Quiromancia !
A Arte de ler as Mãos!

Sereia.

Sereia.