Seguidores

Pesquisar neste blog

Meus blogs :

sexta-feira, 25 de março de 2011

Origem do Povo Gitano - Cigana Carmen;


É uma cigana encantadora que gosta de festa, música, dança e muitos sorrisos.


Trabalha juntamente com todas as forças da natureza, principalmente as do fogo, pois atua com as Salamandras.


Utiliza estrelas de cinco e seis pontas que representam respectivamente a magia e o amor.


Também utiliza a simbologia de uma espiral que é uma forma da antiga escrita voltada para a magia, cura espiritual e física, e a promessa de proteção contínua para a médium e os que a rodeiam.

 Há muito tempo não reencarna aqui, mas também faz parte da grande missão de outros seres terrenos e de diversos tipos de entidades.

Tomou a identidade de cigana por ter sido a última em que passou por aqui, e foi preciso haver uma adaptação dela para chegar mais próxima das pessoas deste mundo, e assim atingir mais as massas, podendo assim se expressar e atender aos pedidos das pessoas, trabalhando com os seus sentimentos.


Seu trabalho é feito da seguinte forma: desperta nas pessoas o poder que elas mesmas possuem em realizar coisas boas.

A entidade é uma mensageira de amor, e uma representante do elo de ligações entre tantos mundos.




 Nada mais faz do que pedidos a entidades superiores, a respeito dos suplícios dos consulentes, e estes recebem a graça pelo seu próprio merecimento.

O seu trabalho mais importante é o despertar das pessoas para a espiritualidade e para a humildade, que para ela, caminham juntas.


 Por isso escolheu a Umbanda, e em especial este templo, onde isto é tratado com bastante cuidado e responsabilidade.

A Espiritualidade uniu estas pessoas propositadamente, é claro também, tantos outros grupos espalhados por todo o planeta.



Quando passou por aqui foi uma Ciganinha bastante bem humorada, e desde cedo foi iniciada em magia por uma cigana mais velha.
Chamavam-na de feiticeira da tribo. Fez muitas coisas boas, e coisas ruins também, pois trabalhavam com a cura e com interesses próprios, tais como o ouro.



 Desencarnou ainda jovem; não se casou, porém já estava prometida a um cigano bem mais velho.
Se revoltou com isto, pois havia se apaixonado por um homem de fora da tribo, e com isto a deixaram de lado por um bom tempo.

Deveria casar-se aos 14 anos, mas tinha que esperar o tal cigano passar por alguns rituais. Foi aí que aproveitou. Mesmo sendo deixada de lado, vivia sempre feliz e sorridente e encontrava-se com o tal homem de uma tribo bastante diferente da dela.



Começou a aprender com ele a magia dos índios e da natureza, e quando sua tribo descobriu, fizeram uma grande festa para ela.


Convidaram toda a tribo indígena e o seu futuro marido matou os dois no meio de toda a tribo, amarrados a uma árvore, com o seu punhal em seus corações.


Foi escolhida esta morte para servir de exemplo a outras ciganas. Mas, desencarnou feliz ao lado da pessoa que amava e com sua personalidade fortalecida.



Material de Trabalho: Bola de Cristal, Pêndulos, muitas pedras, incensos, velas coloridas, entre outros.


Locais de Entrega: Em campos embaixo de uma árvore.


Bebe: Vinho tinto

Fuma: Cigarros de preferência os que contém cravo.



Outros Textos sobre a Cigana Carmen;


A Cigana Carmem é natural da Espanha e inspirou vários amores pelas terras que visitou.

Além de ser uma exímia dançarina de flamenco, é complacente com todos os corações feridos e apaixonados.

Faz tudo que está a seu alcance para acolher e consolar as pessoas que, por algum motivo, perderam ou não conquistaram seus amores; muito embora não tenha tido nenhuma dificuldade na arte da sedução.

Vaidosa por natureza, jamais aparece em público deixando de usar seus belos adereços, e claro, sem o seu leque e seu lenço, que tão bem caracterizam esta cigana.

Toca castanholas e sua cor de vela é vermelha, tal como é retratada em suas vestes pelos mais diversos artistas.

A alegria é seu lema, e a beleza física é apenas mais um de seus doces encantos.

Autora : Valéria Fernandes





É protetora dos que sofrem de mal de AMOR, é a que acolhe e consola os abandonados.

É natural da Espanha, viajou por quase todos os países de idioma hispânico e inspirou vários AMORES.

É linda, vaidosa e grande dançarina de flamenco.

Amorosa e determinada, auxilia em casos de amores impossíveis (mal do qual também é vítima).

Resolve com suas magias casos de abandonos, tira rivais do caminho e e harmoniza casais.

Prefere os médiuns ciganos, mas entra na aura de alguns gadjos com outros nomes, conforme a linha.


SUA GRANDE MAGIA

É para unir casais, para que eles vivem intensamente o amor.

Ela faz esta magia.


Uma MAÇÃ VERMELHA
MEL
Três FITAS COR-DE-ROSA
Um QUARTZO ROSA.

Abre a maçã e retira o miolo, deixando uma pequena tampa.
Coloca dentro da maçã um papel com os nomes do casais.
(OBS: Não deseja para o outro o que você não quer para você, não prenda ninguem nas suas vontades. Esta magia é para quem ja tem um compromisso firme), escrito em forma de cruz, joga bastante mel e fecha amarrando a maçã com as fitas.depois coloca o quartzo rosa em cima e diz.


"Pelo poder da maçã, pela força etérica do cristal e do mel, que estas fitas astrais amarrem (os nomes das pessoas).
Serão tão doce, viverão juntos e amarão um ao outro.
Pelo poder da magia Cigana, como a Lua e a noite que nunca se separão, esta feito e concretizado este feitiço.
Em de devel (Deus)


Que assim seja


E assim se faça !


A maçã pode ser enterrada ao pé de uma árvore fruteiraou guardada em um vidro escondido, ( de preferência em suas roupas intímas)

Bar Lachi ( Boa Sorte )


Texto extraido do livro: Segredo de MAGIA CIGANA

Autora: Ramona Torres


Ponto Cantado da Cigana Carmen:

A estrela da Cigana Carmem
Que lá do oriente brilha sem parar
Esta estrela ela traz em seu peito
E toda a Umbanda ela vem clarear
Clareia estrela formosa
Da Cigana Carmem
Que é astro meu
E como uma estrela do oriente
Ilumina os caminhos que a cigana
Acolheu.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Zambra Gitana :

Zambra Gitana :
Apperley, Pintor : George Owen Wynne (1884-1960) - Zambra gitana - A Zambra, ou Flamenco árabe é, portanto, a fusão de movimentos de danças de povos nômades ancestrais.

Dança Flamenca!

Dança Flamenca!
Apperley, Pintor : George Owen Wynne (1884-1960) - Danza Flamenca

Velas Ciganas Coloridas!

Velas Ciganas Coloridas!
A Cultura cigana e seu contraste de cores,de suprema riqueza!

Sereia da Praia;

Sereia da Praia;
Sereias o Povo Mítico dos Oceanos,damas dos Lagos,Senhoras do Mar

Mulher Índia - Quadro Pintado pelo Artista Italiano Milo Manara.

Mulher Índia - Quadro Pintado pelo Artista Italiano Milo Manara.
Índia Xamã - Feiticeira de sua Tribo - Sacerdotisa das forças da natureza - Luz em Meio a Floresta !

Iemanjá

Iemanjá

♥♥♥Indiana♥♥♥

♥♥♥Indiana♥♥♥
♥♥♥♥♥♥♥♥

Iansã - Divindade Africana

Iansã - Divindade Africana

Cigana Esmeralda ;

Cigana Esmeralda ;
Bailando com o Pandeiro;

Amor do Egito !

Amor do Egito !

Velas de Umbanda;

Velas de Umbanda;

Fênix

Fênix
Senhora das Profecias !

Velas Coloridas entre as Frutas;

Velas Coloridas entre as Frutas;
♥ ♠ ♣ ♦

Quiromancia !

Quiromancia !
A Arte de ler as Mãos!

Sereia.

Sereia.